A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, regressou do Canadá na passada sexta-feira, com a certeza de que a missão empresarial a Toronto foi um sucesso.

Esta foi a primeira missão empresarial organizada pela associação ao país, onde as empresas participantes tiveram a oportunidade de reunir com empresas e entidades institucionais de relevo para os negócios, bem como de participar numa mostra permanente de produtos e ainda num jantar de networking onde marcaram presença mais de 100 empresários canadianos.

Uma das empresas portuguesas participantes na missão empresarial foi a BAU Special Solutions, sediada em Torres Novas e representada na viagem de negócios pelo seu Director Geral, Jorge Rolão Fonseca. “A BAU Special Solutions participou nesta missão com o objectivo de poder conhecer o mercado de Toronto, seus actores e player’s locais e, ao mesmo tempo, analisar as oportunidades de negócio. Esta foi também uma oportunidade para apresentarmos a nossa empresa ao mercado de Toronto e de procurarmos as oportunidades de negócio que tanto ansiamos”, começou por revelar Jorge Rolão Fonseca, acrescentando que estas premissas foram cumpridas em todas as reuniões e encontros com empresas e entidades locais.

Questionado quanto às oportunidades das empresas portuguesas no mercado canadiano, o empresário não hesita: “Existe espaço para os produtos portugueses no Canadá. De facto, a comunidade de portugueses e luso-descendentes neste país, mais em concreto na cidade de Toronto, é enorme. A distância a Portugal faz com que o mercado da saudade seja uma realidade a ser tida em conta e a ser aproveitada como uma oportunidade de negócio, em sectores tão variados como a alimentação, a hotelaria e o turismo. No nosso caso, os sistemas da BAU Special Solutions só poderão ser implementados pela vertente técnica, o que não será difícil dado os mercados onde já actuamos”, fez saber, acrescentando que a BAU exporta já cerca de 80% do seu volume de facturação para mercados em África, Europa e Eurásia.

Para a organização desta missão empresarial, a NERSANT prosseguiu com o seu modelo habitual. Auscultou com atenção os objectivos de cada empresa participante, e tendo em conta os mesmos, planificou uma agenda de reuniões com empresas canadianas tendo em conta os mesmos. Paralelamente, organizou a mostra permanente de produtos e serviços e promoveu a realização de reuniões e encontros com entidades institucionais de relevância, como foi o caso da AICEP e da FPCBP – Federation of Portuguese-Canadian Business & Professionals. No primeiro dia da missão, a comitiva empresarial portuguesa foi recebida num seminário de apresentação do mercado do Canadá, onde discursaram o Cônsul Geral de Portugal em Toronto, Luís Barros, o Delegado da AICEP em Toronto, Raúl Trovado e a Presidente do FPCBP – Federation of Portuguese-Canadian Business & Professionals, Michelle Jorge. Esta última entidade organizou ainda um jantar de networking, onde a comitiva portuguesa pôde relacionar-se com mais de 100 empresários luso-canadianos.

“A viagem de negócios teve um balanço extremamente positivo, tanto nas empresas envolvidas, assim como no acompanhamento que nos foi facultado. Houve interesse nos nossos produtos e esperamos que se materialize agora formalmente através de venda, prestação de serviços ou parcerias. Uma missão nestes moldes é uma primeira abordagem ao mercado. Haverá agora condições para podermos iniciar o acompanhamento de alguns contactos que realizámos e até procurar outros. As perspectivas são boas”, reconheceu Jorge Rolão Fonseca, Director Geral da Bau Special Solutions.

Quanto à parte institucional da missão, o objectivo da associação foi também cumprido, tendo a NERSANT firmado desde logo um protocolo a FPCBP – Federation of Portuguese-Canadian Business & Professionals, que foi assinado pelo Presidente da Comissão Executiva da associação empresarial, António Campos, e pela Presidente da FPCBP, Michelle Jorge, gesto que firma laços de cooperação entre as entidades em prol dos negócios entre os dois países.

António Campos, Presidente da Comissão Executiva da associação empresarial, afirmou que, para além de “encontrar clientes e parceiros de negócio para as nossas empresas, num mercado com tanto potencial, a NERSANT veio também apresentar o nosso país e viemos convidar os empresários portugueses radicados no Canadá, para que possam ver Portugal como uma janela de oportunidade de investimento. Para além de promovermos as exportações das nossas empresas, queremos ao mesmo tempo, que os empresários olhem para Portugal e para o mercado Europeu de 500 milhões de habitantes”, realçou.

canada-1

Neste momento, a associação está já a preparar o plano de internacionalização da associação para o próximo ano.