No 15.º Encontro de Agricultores da Agromais Plus , que se realizou no passado dia 8 de Março, foi possível confirmar a dinâmica dos agricultores e a vitalidade das organizações que os representam.

Este evento contou com a participação de ilustres figuras do sector e da região, tais como o Senhor Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Dr. Luís Capoulas Santos, o Senhor Presidente da Câmara da Golegã, Eng. Rui Medinas, o Senhor Presidente da Câmara da Torres Novas, Dr. Pedro Ferreira, o Senhor Presidente da Câmara de Aljustrel, Dr. Nelson Brito e a Senhora Directora Regional da Agricultura e Pescas da Região de Lisboa e Vale Tejo, Dr.ª Elizete Jardim.

No início da sessão, Miguel Reis, Director Comercial da AGROMAIS PLUS fez uma apresentação da evolução do negócio de factores de produção, tendo realçado o facto da empresa ser, hoje em dia, um dos 3 maiores distribuidores de factores de produção do país. A subsidiária da AGROMAIS PLUS para a região do Alqueva – PLUS ALQUEVA – já representou um volume de negócios considerável e tem uma enorme margem de progressão.

O Dr. Jorge Neves, Diretor-Geral da AGROMAIS C.R.L., numa apresentação com dados muito atuais da evolução do mercado dos cereais, concluiu que «a nossa expectativa face ao futuro é moderadamente optimista».

Numa mesa redonda, moderada pelo Eng. Mário Antunes – Director Executivo da AGROTEJO, contou-se com a participação de três dos mais prestigiados agricultores da região: Engº João Coimbra, João Geada e Carlos Graça. Num debate muito dinâmico, e em que cada um apresentou a realidade das suas explorações, discutiu-se a importância de produzir cada vez mais de forma profissional, realçando a importância decisiva do apoio prestado pelas organizações da região, nomeadamente a AGROTEJO, a AGROMAIS e a AGROMAIS PLUS, no acompanhamento técnico, burocrático e comercial. Foi igualmente reforçada a importância que os apoios comunitários têm para manter a competitividades das explorações agrícolas, num contexto de forte concorrência mundial.

O Eng.º Luís Vasconcellos e Souza, Presidente da AGROMAIS, abordou de forma mais específica o enorme desafio que o projecto de emparcelamento rural representa para a região, reforçando a necessidade de encontrar soluções de financiamento complementares aos valores existentes actualmente no PDR2020.

Essa mesma ideia foi defendida pelo Eng.º Rui Medinas, Presidente da Câmara Municipal da Golegã, aproveitando para reforçar o total empenho de todas as autarquias da região no desenvolvimento deste projecto estratégico para a agricultura e para o território.

O Senhor Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, mostrou-se disponível para estudar alternativas complementares de financiamento. No final da sua intervenção, decorreu a cerimónia de entrega da medalha de honra do Ministério à Agrotejo, cuja atribuição tinha sido decidida aquando das comemorações dos seus 30 anos de existência. O Senhor Ministro teve a oportunidade de realçar que “A Agrotejo ao longo de 30 anos tem prestado relevantes serviços e constitui um exemplo de dinamização da organização dos agricultores”.

No final da cerimónia, foram atribuídos prémios aos agricultores que se destacaram em 2016 pela sua produção e envolvimento com as organizações. Este ano, para além do prémio “AGRICULTOR DO ANO” e do “AGRICULTOR SOLIDÁRIO”, introduziu-se as categorias de “JOVEM AGRICULTOR” e de “MELHOR PRODUTOR” nas culturas da batata, cebola, tomate e milho. De qualquer forma, como realçou o Presidente da AGROMAIS, “Para além destes premiados, é importante destacar a qualidade geral de todos os nossos produtores, que têm permitido manter parâmetros de excelência das nossas organizações no panorama agrícola nacional”.

Os premiados deste ano foram:

  • Agricultor do Ano – Quinta da Cholda
  • Agricultor Solidário- Casa Agrícola Fidalgo
  • Jovem Agricultor – João Rodrigo Mendes
  • Melhor Produtor de Batata – José Ludovino Vieira
  • Melhor Produtor de Cebola – Hugo José Ramos dos Anjos
  • Melhor Produtor de Tomate – Herdade do Caldas
  • Melhor Produtor de Milho – Sociedade Agrícola e Pecuária dos Juntos, Lda

No momento de networking final foi possível confirmar o ambiente de optimismo dos agricultores face aos desafios futuros.

Download PDF