Apenas um dos 31 feridos do acidente ocorrido na quinta-feira na A1 entre um autocarro e um camião se encontra hoje internado no Hospital de Santarém, para “vigilância”, disseram à Lusa fontes hospitalares.

A directora clínica do Hospital Distrital de Santarém, Maria Lopes, disse à Lusa que neste hospital apenas permanece um dos feridos que na quinta-feira inspiravam mais cuidados e que está em observação e a aguardar exames complementares, sem que corra risco de vida.

No acidente ocorrido cerca das 18:00 de quinta-feira, ao quilómetro 61 da Autoestrada do Norte (A1), entre os nós de Santarém e do Cartaxo, devido ao embate da frente do autocarro com o veículo pesado, uma pessoa morreu, duas ficaram feridas com gravidade e 29, entre elas cinco crianças, sofreram ferimentos ligeiros, segundo informação do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

No Hospital de Santarém deram entrada 18 feridos, dois deles em estado considerado grave e 16 ligeiros, entre os quais três crianças, tendo sido os restantes 13 feridos ligeiros encaminhados para o Hospital de Vila Franca de Xira.

Fonte deste hospital disse à Lusa que todos os feridos que aqui deram entrada, entre os quais duas crianças, já tiveram alta.