Chegou ao fim mais uma grande aventura do Vitória Clube de Santarém na Taça de Portugal de Futsal Feminino, a prova-rainha do calendário da Federação Portuguesa de Futebol. No passado domingo, as bicampeãs distritais da AF Santarém receberam na Nave Municipal um histórico do desporto nacional, o CF Os Belenenses, e, não obstante o regresso às exibições a que habituaram os adeptos, não evitaram desaire por 0-3.

Fica na retina, porém, a boa réplica dada pelas vitorianas, que, essencialmente no primeiro tempo, lograram controlar a partida, construindo mesmo as melhores ocasiões de perigo. Num desses lances, o Vitória conseguiu mesmo chegar ao golo, num portentoso remate do meio da rua de Rita Vieira, que não seria, contudo, validado, apesar de, como viriam a atestar as imagens, o esférico ter ultrapassado claramente a linha de baliza. Um lance capital que poderia ter dado outro rumo à contenda.

Após o nulo ao intervalo, o segundo tempo trouxe à tona toda a qualidade e a categoria do conjunto lisboeta, que materializou em golos uma fase de maior ascendente e sentenciou as ambições da turma orientada por Leonor Meneses, que manteve a chama acesa até aos minutos finais.

Apesar do adeus à prova, saúda-se o regresso da melhor face das bicampeãs, num excelente tónico para o ataque ao tão almejado “tri” e ao consequente regresso aos palcos nacionais ainda esta temporada