O Colectivo 249, um novo projecto artístico do concelho de Torres Novas, vai apresentar-se à população no próximo Sábado, dia 27 de Janeiro, entre as 10h00 e as 18h00 junto à Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, e das 10h00 às 22h00 no Convento do Carmo. Trata-se de um coletivo de artistas torrejanos de áreas tão diversas como a multimédia, artes plásticas, música, teatro, dança, comunicação, que se vão dar a conhecer este sábado, num encontro com a comunidade que os viu nascer e crescer. O objetivo deste encontro é falar sobre o que os vai mover neste projeto e partilhar ideias sobre e para a sua terra. Esta iniciativa desenrolar-se-á também no Convento do Carmo, onde irão fazer uma instalação dos trabalhos individuais que criaram.

Os elementos que formam o Colectivo 249 são jovens que têm em comum o facto do Teatro Virgínia os ter acolhido nos seus vários projetos (Grupo Juvenil do PANOS, oficinas, espetáculos com a comunidade, encontros e debates), bem como o facto de terem saído de Torres Novas para prosseguir os estudos e que agora querem mostrar à comunidade que lhes deu as bases, quais os frutos dessa formação.

“Residentes no Convento do Carmo são agora convidados jovens emergentes torrejanos a pulsarem ideias e novas criações. Dão-se a conhecer no início do ano, para depois mergulharem nos seus próprios universos artísticos de onde nascerão propostas a apresentar à cidade em setembro”, pode ler-se em nota enviada ao Correio do Ribatejo.

“O Colectivo 249 germina no primeiro lugar onde nos manifestamos: Torres Novas, a cidade que nos habita. Faz-se do que nos enraíza aqui e não em qualquer outra parte, da transdisciplinaridade que nos individualiza ao mesmo tempo que nos torna um todo. Faz-se de nós, artistas autóctones que emergem, do que temos para dizer e dos telefones que hão-de tocar. Não desliguem”, afirmam os membros deste novo projeto actualmente constituído por António Liberato, Axelle Camille, Carolina Cabaço, Carolina Couto, Carolina Faria, Cláudia Tomás, Francisco Tomás, Gonçalo Godinho, lpo Lalli, Leonor Mendes, Marta Tomé, Micael Ferreira, Pedro Marujo, Rafael Prazeres, Rui Rosa, Sérgio Ferreira e Tomé Mira.