Para a próxima quinta-feira, 25 de maio, o Teatro Virgínia propõe Conversas de Corpo, um espectáculo de dança para crianças da autoria de Clara Bevilaqua e Guilherme Calegari. O espectáculo tem início às 11 horas e tem como público-alvo bebés até aos 3 anos. O bilhete custa 3€.

Conversas de Corpo é um espectáculo concebido na relação directa com o público, permeável e móvel na sua criação. Propõe que aconteça um encontro sem hierarquias, onde os gestos da dança contagiam os corpos das crianças e de quem as acompanha, criando uma trama indissociável entre o acontecimento e quem está presente. Através de imagens, gestos e sons desenha-se a descoberta de um ser, que se transforma e ganha formas variadas a partir daquilo que encontra no seu caminho, como estímulo para continuar a criar.

Um caminho que proporciona descobertas que atravessam a relação das pessoas com o meio exterior e as reverberações no interior do corpo. É possível correr, gritar, cantar, beijar, bater palmas, desenhar, enrolar, desenrolar, saltar, cair, levantar, arquitectar, mergulhar, dobrar… Ao entrar, o público é convidado a relacionar-se com a atmosfera e as texturas do espaço e, quando os corpos dos artistas se encontram, a história do espectáculo inicia-se.

 

Clara Bevilaqua e Guilherme Calegari são artistas educadores ítalo-brasileiros, que trabalham activamente há 6 anos em formação e criação. Dedicam-se aos processos de corpo, às práticas sonoras e ao desenvolvimento de práticas pedagógicas. Fernanda Bevilaqua é uma artista da dança, pedagoga e educadora somática. Mariana Lemos é bailarina e professora de dança, faz parte do c.e.m – centro em movimento em Lisboa desde 2004, tendo experiência de trabalho com os mais variados contextos sociais e faixas etárias.