Simão Neves e Pedro Gonçalves– O bandarilheiro escalabitano Pedro Gonçalves e o picador salvaterrense Simão Neves actuaram no passado domingo na Monumental de Las Ventas, em Madrid, integrando a quadrilha do novilheiro espanhol Vicente Soler, que foi aplaudido no primeiro novilho e silenciado após a morte do segundo, pertencentes ambos à ganadaria de Dolores Rufino. O labor do jovem diestro foi apreciado pelo público não tendo logrado o corte de qualquer apêndice devido ao mau uso do estoque. Nesta novilhada triunfou Miguel Ángel León, que cortou a única orelha da tarde, enquanto Alvaro Casillas foi silenciado após a morte dos seus dois oponentes.
– Pedrito de Portugal divulgou em entrevista concedida durante a corrida transmitida pela RTP da praça de Abiul, que actuará a 15 de Setembro na Feira da Moita, alternando com o matador espanhol Juan José Padilla, e a 27 do mesmo mês na praça das Caldas da Rainha. Nesta entrevista o matador português agradeceu o carinho e o apoio
que a afición portuguesa lhe demonstrou em Julho passado, aquando da sua actuação na corrida mista das Festas do Colete Encarnado em Vila Franca de Xira, onde suscitou forte afluência de público.
– O Bandarilheiro Manuel Badajoz, figura incontornável do toureio nacional que integrou com José Tinoca e Manuel Barreto a célebre “Quadrilha Maravilha” de Manuel dos Santos, estreou-se nas arenas em 1952 e tomou a alternativa há 62 anos na praça da Moita do Ribatejo. Com seu irmão António, dirigiu durante muitos anos a Escola de Toureio de Coruche, de onde saíram algumas figuras do nosso toureio a pé, como foram os casos de José Simões, Óscar Rosmano, José Falcão, Vítor Mendes e “Parreirita Cigano”, entre outros. Como bandarilheiro, valoroso e competente, integrou as quadrilhas de algumas das nossas maiores figuras, nomeadamente Luís Miguel da Veiga, D. José João Zoio e João Salgueiro. Na passada segunda-feira foi justamente homenageado em Coruche. Parabéns!

 

*Texto publicado em edição impressa de 21 Agosto

Download PDF