D Francisco MascarenhasD. Francisco de Mascarenhas, o decano dos cavaleiros tauromáquicos portugueses, recebeu na pretérita quinta-feira, 1 de Outubro, o “Galardão Prestígio 2015” do Campo Pequeno, durante a Corrida de Gala à Antiga Portuguesa, com que se encerrou a temporada no tauródromo lisboeta.

Nascido em 1926, D. Francisco de Mascarenhas, representante de uma das mais antigas dinastias toureiras portuguesas, apresentou-se em público com apenas 8 anos de idade, em Almeirim e, dois anos depois, em 1936, apresentou-se no Campo Pequeno. Ainda com 11 anos de idade estreou-se em Espanha, em Puerto de Santa Maria, e tomou a alternativa no Campo Pequeno a 29 de Agosto de 1945, concedida por Mestre João Branco Núncio. Durante a sua carreira, que terminou precocemente no final da década de 1950, devido a problemas de visão, D. Francisco de Mascarenhas actuou além de Portugal, em Espanha, França, Angola, Moçambique e México.

Com a atribuição deste prestigiante Galardão, a Empresa pretendeu homenagear a carreira de D. Francisco de Mascarenhas no ano em que comemorou 70 anos de alternativa, caso único na história do toureio equestre.

A atribuição do “Galardão Prestígio” é da exclusiva competência da Administração da Sociedade de Renovação Urbana do Campo Pequeno SA., tendo esta temporada sido atribuído, a título excepcional, “ex-aequo” a D. Francisco de Mascarenhas e ao Grupo de Forcados Amadores de Santarém, que comemorou um século de fundação e de ininterrupta actividade.

 

*Texto publicado em edição impressa de 2 Outubro