2016-11-22-b2b-2

8 empresas portuguesas viajaram com a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, para Casablanca, o maior centro industrial e comercial de Marrocos, com o objectivo de iniciar ou concretizar negócios com este mercado. Durante os 4 dias da missão empresarial, realizaram-se cerca de 100 reuniões de negócios.

Cada uma das empresas participantes viajou para Marrocos com uma agenda de reuniões já preparada e definida de acordo com o seu objectivo. Durante a missão, foram realizados cerca de 100 contactos B2B, tendo as empresas participantes ficado com diversas oportunidades de negócio e / ou parcerias em carteira.

Esta missão empresarial foi organizada pela NERSANT com o apoio da CCISPM – Comércio, Indústria e Serviços de Portugal em Marrocos e pela CCISC – Chambre de Commerce, Industrie et de Services de Casablanca. Por forma a facilitar os contactos, os Presidentes destas duas últimas entidades fizeram questão de marcar presença numa das sessões de networking empresarial entre os dois países, que decorreu nas instalações do hotel onde a comitiva ficou instalada, o que muito ajudou a concretização dos objectivos definidos por ambos os mercados.

O Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, fez também questão de apoiar os empresários portugueses na sua demanda pela internacionalização. O representante do Governo português esteve num almoço onde estiveram presentes os empresários portugueses participantes na missão da NERSANT, bem como diversas empresas marroquinas, evento que acabou por ser mais um espaço privilegiado de networking entre as mesmas.

Na missão empresarial, que terminou no dia 24 de Novembro, participaram empresas portuguesas de diversos sectores de actividade, especificamente na área do comércio de materiais para construção, comércio de produtos alimentares (batatas, cebolas, castanhas, alho, melão e melancia), tratamento do ar na indústria e manutenção desses equipamentos, fabricação de outros reservatórios e recipientes metálicos / climatização, agro indústria, metalomecânica, indústria gráfica e produção de fornos industriais para indústria cerâmica.

Na sequência da realização desta missão empresarial, existem boas perspectivas de negócio entre as empresas portuguesas e as empresas marroquinas.