IMG_3036A Escola de Toureio “Joaquim Gonçalves”, de Santarém, dirigida pelo bandarilheiro Pedro Gonçalves entregou esta noite os troféus relativos à Temporada 2015, entre os quais o Jornal “Correio do Ribatejo”, a quem é atribuído o Troféu Imprensa.

Numa noite de festa onde não faltou o glamour de uma Gala, os distinguidos pela Escola de Toureio neste ano de 2015 foram os os cavaleiros Marcos Tenório Bastinhas (cavaleiro de alternativa), Carlos Conceição “Parreirita Cigano” (praticante) e Bernardo Salvador (amador); o Matador foi Alexandre Pedro “Pedrito de Portugal”; Novilheiro, João Martins (Escola de Toureio de Vila Franca); Bezerrista, Rui Jardim (Escola de Toureio de Azambuja); Peões de Brega, Ricardo Raimundo e Cláudio Miguel; Bandarilheiro, Joaquim de Oliveira; Ganadaria, Murteira Grave; Forcados, o Grupo de Forcados Amadores de Santarém; Empresa, a ‘Toiros & Tauromaquia, Lda’; o Director de Corrida distinguido foi Marco Gomes.

Com o Troféu “Mérito Internacional” foram distinguidos os bandarilheiros Pedro Gonçalves e Diogo Vicente e o picador Simão Neves.

A nível da crítica taurina foram galardoados o “Farpas Blogue” que recebe o Troféu “Jornalismo Taurino”, o crítico taurino António Lúcio  com o Troféu “Divulgação Taurina”, e o Correio do Ribatejo com o Troféu Imprensa.

À Câmara Municipal de Monforte e ao seu Centro Interpretativo Tauromáquico foi atribuído o Troféu “Preservação Tauromáquica”, enquanto o aficionado Rui Rosa, director do W Shopping de Santarém foi galardoado com o Troféu “Mérito de Afición”.

Foram ainda atribuídos os troféus “Mérito e Prestígio” ao cavaleiro Joaquim Bastinhas e “Carreira” ao bandarilheiro escalabitano Luís Miguel Gonçalves que no ano de 2015 assinalou trinta anos de alternativa.

A título póstumo foram homenageados o picador Rafael Trancas, o aficionado e coudeleiro Luís Filipe de Oliveira e o bandarilheiro Luís Vivas.

A entrega dos Troféus decorreu num Jantar de Gala este sábado, que terminou já na  madrugada de domingo, na Casa do Campino, o qual foi abrilhantado pela Scalabituna do Instituto Politécnico de Santarém, pelo Grupo de Sevilhanas “Salero & Alma”, por Fandango do Grupo de Danças e Cantares Ribatejanos e New Star Dance, havendo ainda uma demonstração de toureio por alunos das Escolas de Azambuja e de Santarém.

Ler noticia desenvolvida na edição impressa do Correio do Ribatejo de 12 de Fevereiro, nas páginas de Tauromaquia ‘Ecos do Burladero’ assinadas por Ludgero Mendes.