A Escola Superior de Saúde de Santarém (ESSS) comemorou hoje o seu 44º aniversário, um “sinal de maturidade, rigor e competência”, como referiu Isabel Barroso, directora da instituição.

“A celebração deste aniversário tem sentido na medida em que pretendemos reconhecer às pessoas que a constituem e com ela colaboram o envolvimento, dinâmica, os saberes que se constroem, desenvolvem e partilham diariamente, não só pela dimensão interna mas também pela comunidade envolvente”, afirmou a responsável.

DSC_0011

Falando na cerimónia que assinalou o 44º aniversário da escola, no dia 16 de Maio, Isabel Barroso considerou que aquele estabelecimento de ensino tem sabido desenvolver-se e adaptar-se às novas exigências de “construção de processos de excelência na educação em saúde, através de uma estratégia formativa baseada na cooperação com protocolos nas áreas de Educação pré e pós graduada, de aprendizagem ao longo da vida, actividades de extensão à comunidade e investigação”.

Na actualidade, diz Isabel Barroso, a ESSS assume-se como “uma organização educativa caracterizada por uma cultura de partilha entre as pessoas que a constituem, fruto da construção deste espaço em torno de uma filosofia de aproximação entre os diferentes contextos externos e das diferentes dimensões do contexto interno”.

DSC_0019

“O processo de desenvolvimento da Escola caracteriza-se por desafios constantes relacionados, por um lado com os desafios da saúde, em particular da Enfermagem enquanto disciplina e profissão e, por outro lado, com o reposicionamento da ESSS em resposta às alterações resultantes do processo de Bolonha, da reforma do Ensino Superior e da adequação do ensino da enfermagem e impactos sociais da discussão acerca do modelo de formação em enfermagem”, afirmou ainda a directora.

Uma das principais preocupações da Escola assenta na qualidade, característica que, diz Isabel Barroso, “é uma aposta de desenvolvimento e sustentabilidade, construindo-se a base para uma reflexão permanente e aprofundada, exigindo à Escola uma capacidade de inovação e de adaptação tendo em vista uma melhoria científica, pedagógica e de funcionamento”.