As escolas do ensino pré-escolar, do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, receberam, nos dias 22 e 23 de Janeiro, um rastreio visual e auditivo, para crianças nascidas no ano de 2012.

Inserido no projeto “Promoção do Sucesso Escolar do Médio Tejo – Correção da Acuidade Visual e Auditiva no Pré-Escolar”, foram abrangidas um total de 96 crianças do Centro Escolar António Gedeão (JI), Centro Escolar da Zona Verde (JI), Centro Escolar do Bonito (JI) e do Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner.

A Vereadora Tília Nunes acompanhou o rastreio que foi efetuado no Centro Escolar do Bonito, salientando a importância para o executivo municipal do investimento neste programa, pois destina-se a prevenir, identificar e corrigir eventuais problemas de acuidade visual e auditiva das crianças, suscetíveis de interferirem negativamente no processo de aprendizagem.

O rastreio foi realizado por uma equipa de técnicos especializados (optometristas e audiologistas) e uma unidade móvel, disponibilizada pela ACES do Médio Tejo, que permitiu identificar precocemente as crianças que irão precisar de ser acompanhadas nestas duas valências médicas (otorrinolaringologia e oftalmologia).

Este projeto que é coordenado pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, abrangendo os 13 municípios que o compõem, conta com o envolvimento de diversos parceiros nomeadamente a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, Centro Hospitalar do Médio Tejo, Direção dos Serviços de Educação da Região Centro, Direção dos Serviços de Educação da Região de Lisboa e Vale do Tejo e a Universidade da Beira Interior.