A praça de toiros de São Manços recebeu no passado sábado, dia 26 de Agosto, uma corrida à portuguesa que registou expressiva afluência de público, preenchendo literalmente a lotação do tauródromo alentejano.

Lidaram-se toiros de Cunhal Patrício pelos cavaleiros Luís Rouxinol, Filipe Gonçalves e António Maria Brito Paes, os quais proporcionaram lides muito interessantes, destacando-se Filipe Gonçalves, que venceu o troféu instituído para a melhor lide.

As pegas foram cometidas aos Grupos de Forcados Amadores de Santarém e de São Manços, que deram boa conta do recado, numa jornada que, apesar de tudo, não foi nada fácil. Pelos Amadores de Santarém foram solistas Manuel Murteira, que consumou a sua valorosa sorte à primeira tentativa, Hugo Santana, à segunda, e António Taurino, que concretizou esforçada pega à terceira, a dobrar Ruben Giovetti, desfeiteado na sua única tentativa, tendo de recolher à enfermaria. Pelos Amadores de São Manços, Rui Pelado e João Fortunato concretizaram boas pegas ao primeiro intento, e João Rosmaninho consumou a sua sorte ao primeiro intento, a dobrar Nuno Pitéu, que se lesionou na sua única tentativa.