O futebol corre nas veias de Marta Melão: em casa, os dois irmãos alinhavam pela Académica de Santarém e também ela resolveu experimentar. Desde então, nunca mais deixou a modalidade e hoje treina com os ‘craques’ da Academia do Sporting, o seu “clube do coração”. Nesta entrevista ao Correio do Ribatejo, Marta confessa que, um dia, gostaria de chegar à Selecção Nacional e de jogar lado a lado com Ana Borges, atleta que já representou o Atlético de Madrid ou o Chelsea.

Porque é que escolheu o futebol como prática desportiva?

Escolhi o futebol porque os meus irmãos jogavam os dois na Académica de Santarém e em casa eu jogava com eles. Como gostava de jogar, resolvi experimentar e adorei, pelo que nunca mais deixei.

Como está a ser a experiência de treinar na Academia do Sporting?

Está a ser incrível e super divertida, dado que nunca esperei poder jogar no Sporting que é o Clube do meu coração.

Como se processam os treinos e qual é a frequência semanal?

Continuo a treinar duas vezes por semana na “minha” Académica e vou uma vez por semana ao Sporting. No Sporting os treinos são de uma hora e meia e são muito intensos quer os físicos quer os exercícios com bola.

A conciliação com os estudos é complicada?

É uma questão de organização e até agora não tem sido complicado.

Na sua opinião, este desporto já olha de outra forma para as atletas femininas?

Sim, porque cada vez existe mais meninas a jogar futebol.

Qual foi a prova mais marcante na qual participou e porquê?

Foi o Torneio Inter Associações, onde joguei pela Selecção Distrital de Santarém. Eu tinha 10 anos e fui jogar com meninas de 16 anos, sendo que as minhas colegas receberam-me muito bem e fui muito acarinhada.

Até onde gostaria de chegar na modalidade?

Gostava de chegar à Selecção Nacional e ser campeã quer pelo Sporting quer pela Selecção. Sonho também um dia poder jogar com a Ana Borges, que é a jogadora que eu mais gosto.

O que mais aprecia nas pessoas?

Gosto de pessoas simpáticas e que me apoiem nos bons e maus momentos.

O que detesta nelas?

Não gosto de pessoas convencidas e que não respeitem os outros.

Lema da vida?

Tratar os outros sempre da mesma maneira como gostava que me tratassem a mim.

Viagem de sonho?

Gostava de ir ao Europeu 2017 com a Selecção Nacional Feminina.

Se pudesse alterar algum facto da História de Portugal qual alteraria?

Gostava que antigamente o Povo, o Clero e a Burguesia tivessem todos os mesmos direitos e regalias.

Prato preferido?

Massa com bifes de perú e molho de cogumelos.

Livro de cabeceira?

Uma Aventura no Ribatejo.

Acordo ortográfico. Sim ou não?

Não. De facto prefiro o antigo.