O Centro Histórico de Santarém recebeu a terceira edição do projecto “Verão In. Str… é um Espanto!”, com uma programação que se estendeu entre os dias 21 de Junho e 23 de Setembro. O programa de verão, que contou com múltiplas actividades culturais encerrou com balanço bastante positivo.

Quanto às várias vertentes integradas no projecto, no que respeita ao In. Agenda, registou-se um público superior a 70 mil pessoas. Tal facto, deveu-se à aposta principalmente em grandes concertos como o de Cristina Branco, Custódio Castelo, Banda Get Back e os Charruas. Concertos, que tiveram uma enorme afluência de público.

Contribuíram para esse sucesso as “Quintas do 7”, animação de rua interligada com o comércio local, nas quintas-feiras à noite durante o mês de Julho.

Este ano, não só o centro histórico da cidade recebeu a iniciativa Verão In.Str, mas também e pela primeira vez, a Ribeira de Santarém, com cinema, espectáculos de teatro, música e poesia.

Ainda na Ribeira de Santarém, se na componente de espectáculos se registou uma boa adesão de público, já no caso do cinema há que repensar a programação.

In. Artes apresentou-se com a grande novidade da Arte Urbana

Já o In. Artes, este ano, trouxe novidades, tais como a Arte Urbana, com pintura de murais por artistas em vários espaços do centro histórico de Santarém.

As intervenções de arte urbana decorreram na Praça Marquês Sá da Bandeira (Largo do Seminário), Largo Padre Francisco Nunes da Silva (Padre Chiquito), Jardim da Liberdade, Rua 1º Dezembro, Praça Visconde Serra do Pilar (Praça Velha) e Jardim Portas do Sol.

O Encontro de Urban Sketchers – “Vamos Desenhar Santarém” foi igualmente um êxito. Vários participantes desenharam, registaram e rabiscaram o centro histórico de Santarém, numa organização e apoio dos Ribatejo Sketchers, USKP e Oeste Sketchers.

Vários armários de electricidade em Santarém foram também embelezados com pinturas da autoria de jovens artistas, em resultado da parceria entre a EDP Distribuição e o “Verão In. Str… é um Espanto!”, criando assim uma galeria de arte urbana a céu aberto.

Os primeiros foram pintados pelos alunos do curso de Artes da ESES – Escola superior de Educação de Santarém, sob orientação da professora Ana da Silva.

Depois, mais seis armários da EDP, nas Ruas Guilherme de Azevedo e Capelo e Ivens (esquina com a Guilherme Azevedo), na Rua Teixeira Guedes e Dr. Mendes Pedroso foram transformados em verdadeiras obras de arte. A tarefa coube aos artistas, utentes do serviço de psiquiatria do hospital de Santarém sob a direcção do pintor João Maria Ferreira e às crianças envolvidas em projetos da Associação Aqui Há Gato.

Este é um projecto para continuar e aproveitamos para lançar o desafio aos artistas que queiram pintar estes armários a apresentarem os seus projectos no Serviço Municipal de Cultura e Turismo (SMCT) da Câmara Municipal de Santarém – Casa de Portugal e Camões (antigo Presídio Militar).

Relativamente às lojas devolutas que foram transformadas em galerias de arte constou-se alguma dificuldade em conseguir um maior número de espaços, pois algumas das lojas já estavam arrendadas. O projecto concretizou-se com quatro galerias: “Até ao Equinócio” – Rua Pedro Canavarro, Nº 58; “Entra Aqui” – Rua Serpa Pinto, Nº 62; “IN” – Rua Serpa Pinto, Nº 58 e “Reincontros” – Fotografia – Rua 1º de Dezembro, nº 111 que envolveram 12 artistas plásticos e 11 fotógrafos oriundos de da região.

A exposição “Caminho das Artes”, incluída no In. Artes e outra das vertentes do “Verão In. Str… é um Espanto!” foi bastante acarinhada pelos comerciantes e moradores do centro histórico de Santarém. Consistiu na colocação de fotografias nas varandas de algumas das principais ruas do centro, tendo sido este ano escolhidas a Rua Serpa Pinto, a Rua Guilherme de Azevedo e a Rua Capelo Ivens.

Tendo como tema “O Ribatejo”, esta mostra de fotografia pretendeu dar cor e alegria às ruas do centro histórico e, da mesma forma, funcionar como chamada de atenção para a beleza dos edifícios da zona. Ofereceu-se assim um olhar sobre região, onde o Tejo, a Lezíria e o Bairro, os Costumes e Tradições estiveram presentes.

Dos 30 fotógrafos participantes alguns saíram do colectivo escalabitano de fotografia amadora, mas foram também convidados os Fotógrafos do Ribatejo, num total de 60 fotografias em exposição.

Street Food e Sound Set Fest superaram expectativas

A segunda edição do festival “Street Food In.Str” que teve lugar no Jardim Portas do Sol, de 28 a 30 de Julho, dedicado aos “Sabores do Mundo” e aos vários paladares gastronómicos espalhados pelo globo registou um forte salto qualitativo nomeadamente com a procura de muitos turistas estrangeiros, particularmente no período da manhã. Contribui também para o triunfo o festival de música “SoundSet Fest”, nos dias 28 e 29 de Julho, numa organização da Associação “Em Nome da Rosa”.

Esta parceria com a Associação “Em Nome da Rosa” resultou num evento de grande atractividade, sendo um projecto a explorar no futuro.

Já o In. Movimento, que este ano, teve como pano de fundo o Jardim da República cumpriu a sua função: oferecer aulas de desporto e hábitos saudáveis ao público aderente. 2017 contou com a participação dos ginásios (Visual Fitnes; XL’S; Academia 100% e Twins Fitness Station).

Também as aulas de Yoga pela AMA/Federação Portuguesa de Yoga e animação desportiva promovida pela DECLATHON (Jardim Portas do Sol) obtiveram uma avaliação deveras positiva.

Em relação à vertente In. After Hours voltaram a aderir vários bares e discotecas da cidade que ofereceram uma programação específica para os apreciadores da noite. Associaram-se à iniciativa: Barvila; Café Bar Casual; Discoteca FRACLUB; G Lounge Coffe & Bar; Iland Bar; N 1 Hostel; Ponto G; Tascá Santarém; Tejá Carniceria e Xantarim Pub Bar.

Visitas Guiadas Temáticas dão a conhecer Santarém

Outro dos pratos fortes, mas desta vez, no âmbito do In. Cidade, foram as visitas guiadas semanais e mensais, estas de carácter temático, assim com as visitas organizadas pelo Museu Diocesano de Santarém.

A adesão das viagens de minibus, entre 5 de Julho e 3 de Setembro, de quarta-feira a domingo, aumentou substancialmente em relação ao ano passado, com uma procura bastante significativa de turistas de nacionalidades distintas.

Estas viagens, gratuitas, que percorreram um circuito turístico que passou pelos mais reconhecidos locais a visitar no planalto escalabitano, resultaram de uma parceria com a Rodoviária do Tejo.

De referir ainda, que na última semana, devido à interdição de trânsito na Rua 1º de Dezembro, foi decidido deslocar o MiniBus até à Rotunda Madre Andaluz, em frente ao Instituto Politécnico de Santarém (IPS), uma opção que se revelou muito interessante. Decididamente, outra possibilidade de visita a implementar num futuro próximo.

Outras das grandes apostas foi o In. Tradição em parceria com o Inatel. Este ano contou com um rol de recriações de diferentes agrupamentos folclóricos, tendo havido uma grande interactividade entre o público, comércio e visitantes.