joao-augusto-mouraEm comunicado enviado à “Prensa”, Maurício do Vale, popular crítico taurino e apoderado de diversos toureiros, entre os quais o jovem novilheiro João Augusto Moura, agradece todo o apoio que tem sido prestado a este diestro de Monforte e informa que a alternativa de matador de toiros, anunciada no início desta temporada, esteve em vias de concretização, na sequência de alguns importantes contactos desenvolvidos em Espanha, porém, por diversas circunstâncias ainda não foi possível cumprir este grande objectivo.

Segundo Maurício do Vale, “duas possibilidades estiveram perto de ser realidade, em duas praças e com cartéis de especial significado, um deles que teria enorme impacto”, adiantando que “tais oportunidades não se puderam concretizar, tão difícil está a organização taurina espanhola, mais que nunca nos tempos que correm, algo que os legisladores portugueses ignoram ao obrigarem os nossos novilheiros a tomar a alternativa lá fora, em vez de legislarem para que tal possa ocorrer no Portugal que os viu nascer e sonhar”.

Contudo, o diligente apoderado dá conta de que “o sonho e a luta de João Augusto Moura estão vivos e bem vivos, preparando-se dia-a-dia para o dia da alternativa e para os contratos que nos proponham (e há vários pendentes) como matador de toiros”, prometendo “mais e definitivas novidades” logo que surjam. Oxalá que sejam breves!

 

*Texto publicado em edição impressa de 07 Agosto