O veterano cavaleiro estremocense José Maldonado Cortes está a celebrar 55 anos sobre a data da sua alternativa, tendo lugar esta noite no tauródromo da cidade que lhe serviu de berço há setenta e nove anos uma corrida de toiros à portuguesa.

Cultivando um estilo alegre e desenvolto, transmitindo muita alegria à sua função, José Maldonado Cortes tomou a alternativa em 22 de Abril de 1962, na Praça de Toiros do Campo Pequeno, tendo como padrinho Pedro Louceiro. Curiosamente nesta corrida de homenagem fará a sua apresentação em público seu neto Francisco Maldonado Cortes, de quem se esperam grandes cometimentos artísticos.

Nesta noite, em que o veterano marialva de Estremoz participará nas cortesias, estarão em praça os cavaleiros João Moura, Francisco Cortes, Miguel Moura e Francisco Maldonado Cortes e os Grupos de Forcados Amadores de Évora, de Alter do Chão e de Monforte, que enfrentarão toiros da ganadaria da Quinta Mata-o-Demo. Parabéns a José Maldonado Cortes pela efeméride e pela dignidade e educação como sempre se tem movimentado neste complicado mundillo taurino.