Realizaram-se no passado sábado, dia 28 de Janeiro, as cerimónias comemorativas do 96º aniversário dos Bombeiros Municipais de Tomar. Após os momentos formais do hastear da bandeira e da deposição de uma coroa de flores em honra dos soldados da paz já falecidos, procedeu-se à apresentação do novo veículo florestal de combate a incêndios, que a corporação recebeu no final do ano passado.

Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, salientou “que, apesar de ser um importante reforço para o trabalho dos bombeiros na salvaguarda das populações, não é ainda o suficiente para as necessidades de um corpo da dimensão do tomarense”. A viatura foi adquirida pelo Município no âmbito de uma candidatura ao Portugal 2020, tendo um custo total de cerca de 167 mil euros, comparticipado em cerca de 85%.

Trata-se de um veículo florestal de combate a incêndios, com chassi todo-o-terreno e um tanque com capacidade para 4.000 litros de água, equipado com elevados parâmetros de segurança, nomeadamente roll bar de proteção em caso de capotamento, um sistema de aspersão de água em torno da cabina e dos pneus e de apoio de ar comprimido respirável com máscaras individuais para proteção dos ocupantes em caso de situação extrema.

Seguiu-se a cerimónia de promoção de dez estagiários a bombeiros de 3ª classe, “um importante reforço para a corporação”, conforme nota enviada ao Correio do Ribatejo.

Por fim, foi feita a apresentação pública da exposição do acervo dos Bombeiros de Tomar, um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos próprios, nos tempos livres entre ocorrências e em dias de folga. Documentos, fardas, equipamentos de socorro e alguns veículos não motorizados podem a partir de agora ser vistos no salão do 1º piso do quartel.