Uma escultura desenvolvida pelo jovem ferreirense Samuel Silva durante uma residência artística, realizada entre agosto e dezembro de 2017 na escola dinamarquesa Odder Hojskole, vai integrar um parque de esculturas desenvolvido por jovens artistas de todo o mundo.

Em comunicado, a Câmara de Ferreira do Zêzere afirma que a participação de Samuel Silva, licenciado em escultura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, na residência artística decorreu no âmbito de um intercâmbio que o município mantém com a Odder Hojskole, situada em Odder, no condado de Arhus, centro da Dinamarca.

No âmbito desse protocolo, no próximo verão jovens estudantes dinamarqueses estarão em Ferreira do Zêzere para o desenvolvimento de um documentário em vídeo sobre a Albufeira de Castelo do Bode e energias renováveis, afirma a nota.