Na prossecução da sua estratégia de internacionalização, o Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém) tem desenvolvido diversas acções e projectos no âmbito da Cooperação Internacional (incluindo a Cooperação para o Desenvolvimento), principalmente nos Países de Língua Oficial Portuguesa.

Nesse sentido, foi hoje formalizado um protocolo com o Instituto Politécnico de Betano (IPB) de Timor-Leste, que vai permitir lançar as bases de uma cooperação “perene e duradoura” entre as duas instituições de ensino superior.

Segundo Hélder Pereira, pró-presidente do IPSantarém para a área da internacionalização, o documento visa apoiar a “construção do Instituto Politécnico de Betano”, em termos de transferência de ‘know-how’ e “apoio institucional directo” sendo que, neste momento, o instituto de Santarém acolhe um grupo de 21 estudantes timorenses que estão envolvidos num curso de Cultura Portuguesa.

_DSC0039

O IPB foi inaugurado a 3 de Fevereiro último, sendo o primeiro estabelecimento de Ensino Superior criado directamente pelo Governo para a prestação de educação técnica, particularmente nas áreas de Agricultura, Pecuária e Engenharia, a fim de capacitar os jovens timorenses para actividades profissionais.

Em concreto, o IPSantarém vai desenvolver cursos de formação para docentes do IPB, assim como no apoio ao desenvolvimento de “metodologias didácticas e pedagógicas” em Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), na área da agronomia.

Luís Fernandes, director-geral do Ministério da Educação de Timor-Leste, lembrou os laços históricos que unem os dois países, que “falam a mesma língua”.

_DSC0033

“Queremos tirar partido desta relação de proximidade”, disse o responsável, frisando que este protocolo “é a base de iniciação de novas intenções”.

Segundo o presidente do IPB, Acácio Cardoso Amaral, a abertura do Instituto, o primeiro no país, marcou mais um passo para preparar os jovens timorenses para participarem de forma efectiva no desenvolvimento nacional.

Este ano, foram cerca de 200 os estudantes nos cursos de Produção Animal e Construção Civil.

_DSC0017

Para o próximo ano lectivo, estão a ser preparados outros cursos, como Engenharia Mecânica, Engenharia Eléctrica, Alimentação e Produtos Agrícolas, Saúde Animal e Silvicultura.

É, precisamente, nestes últimos, que o IPSantarém poderá dar uma “ajuda fundamental”, referiu Acácio Cardoso Amaral.

“O IPB é ainda um ‘bebé’, que está numa fase muito inicial. É por isso que olhamos para Portugal, um país irmão, para o ajudar a singrar”, concluiu.

_DSC0022

Para o presidente do IPSantarém, Jorge Justino, a assinatura deste convénio representa mais um passo no reforço da internacionalização do instituto, uma das ‘grandes linhas de acção’ que estão programadas.