Termina hoje a acção de apoio à internacionalização dinamizada pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, a Moçambique, um dos mercados africanos que mais oportunidades tem para as empresas portuguesas. Na acção, a associação empresarial promoveu uma visita à maior feira comercial de Moçambique, a FACIM, organizou uma mostra de produtos e serviços do Ribatejo e realizou diversos encontros de negócios.

Na acção realizaram-se diversas actividades de apoio à internacionalização e exportação dos produtos e serviços da região do Ribatejo. Logo no primeiro dia do evento, dia 2 de Setembro, a NERSANT marcou presença na FACIM – Feira Internacional de Maputo, o maior evento comercial com dimensão internacional em Moçambique, a convite da organização, tendo realizado um seminário de apresentação do Agrocluster Ribatejo com o tema “Tecnologia e Cooperação como Factores para o Desenvolvimento do Sector Agrícola e Agroindustrial” e que decorreu às 15h30, na sala de seminários do certame. Na seminário, esteve presente a delegada da AICEP em Moçambique e Conselheira Económica e Comercial de Portugal neste país, Ana Maria Rosas, que, para além do Agrocluster, ficou também a conhecer a NERSANT e o seu trabalho de apoio ao tecido empresarial da região de Santarém. Durante todo o dia seguinte, realizou-se uma visita à FACIM, que teve como objectivo promover as empresas e negócios da região.

Após o trabalho de prospecção de negócios na FACIM, a NERSANT organizou, dias 4 e 5, no Hotel Avenida, em Maputo, uma mostra dos produtos e serviços que contou com a exibição de alguns produtos portugueses que exemplificaram o que melhor se produz na região de Santarém nos sectores da Alimentação e Bebidas, Construção Civil, Materiais e Máquinas para o Sector de Construção, Metalomecânica e Mobiliário e Decoração.

Ao longo dos dois dias, a mostra foi visitada por um conjunto alargado de empresários moçambicanos, local onde se realizaram também diversos encontros de índole empresarial e institucional com o objectivo de estabelecer e estreitar parcerias comerciais, de investimento e institucionais mutuamente vantajosas para as partes interessadas. Tendo em conta a natureza do encontro, e a antecedente visita à FACIM, este espaço tornou-se local privilegiado para dar continuidade aos contactos conseguidos na visita à feira. A acção de apoio à internacionalização termina hoje, trazendo a NERSANT na bagagem diversas oportunidades de negócio para as empresas da região do Ribatejo.

De referir que esta acção se insere no âmbito do ExportIntelligence, projecto de apoio à internacionalização de empresas que a NERSANT está a dinamizar com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do SIAC. O objectivo do mesmo é alavancar o aumento das exportações da região para o mercado de Moçambique, atrair investimento para o Ribatejo e apresentar o potencial da região e do seu tecido empresarial.

O portal do projecto pode ser consultado em www.exportribatejo.com.