Decorreu, no passado dia 18 de Janeiro, a sessão de encerramento da 2ª edição do Concurso de Ideias MoovIdeias. O projecto vencedor foi “Gestão de alojamento local”, de Catarina Santos, que recebe como prémio 40 horas de mentoria.

A 2ª edição do concurso de Ideias, que incluía um programa de aceleração, chegou ao fim na passada quinta-feira, dia 18 de Janeiro, com uma sessão motivacional e a apresentação final dos projectos, dinamizada pela TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior na sua sede.

Para deixar os seus testemunhos estiveram presentes Miguel Henriques, da ‘Business Angels’ e Artur Fernandes, da ‘Single Code’, que deixaram alguns conselhos baseados na suas experiências, o primeiro como investidor e consultor e o segundo como empreendedor e empresário.

Das 14 ideias que iniciaram este 2º concurso, 7 terminaram o ‘MoovIdeias’, relacionando-se com o alojamento local, assistência à terceira idade, limpeza e manutenção das propriedades agrícolas, quinta pedagógica, produção de licores, hotel e assistência a animais domésticos, cafetaria e gelataria.

O 1º prémio foi para a ideia “Gestão de alojamento local” no Centro Histórico com vista para o Rio Tejo e para o castelo, tendo na sua oferta a integração de produtos locais, de Catarina Santos que recebe como prémio 40 horas de mentoria por uma equipa de consultores especializados em negócios. A ideia 2ª classificada foi “Farmville”, uma quinta aberta a crianças para actividades lúdicas, centradas no contacto com os animais e os produtos agrícolas, de Ana Alves. Em 3º lugar ficaram as ideias “Natureza Animal” de pet-sitting e outras valências dedicadas aos animais de companhia, de Diana Serrano, e “Verde SOS”, de limpeza de terrenos e re-florestação, de António Carvalho. A 2ª e os 3º classificados receberam como prémio livros de coaching para auxiliar na concretização dos seus projectos.

Os critérios de avaliação utilizados para apurar os vencedores foram potencial do projecto, enquadramento nos objectivos da TAGUS para o Ribatejo Interior, capacidade de vender a ideia a investidores, assimilação de conhecimentos e assiduidade ao longo do programa de aceleração.

Presentes na sessão de encerramento deste concurso, que ajudou os empreendedores inscritos a abordar de forma inovadora o seu negócio, em questões ligadas à análise dos riscos, validação do potencial das ideias junto de clientes, identificando o público-alvo, os fornecedores e a concorrência, estiveram além de alguns dos participantes e elementos da parceria territorial TAGUS 2020, Maria do Céu Albuquerque, actual presidente da Direcção da TAGUS, Ana Paula Remédios, da CIMT – Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Sérgio Lorga e Mafalda Correia, da B’TEN – Business Consultants, e Conceição Pereira, Técnica Coordenadora da TAGUS que moderou a iniciativa.

O MoovIdeias insere-se no projecto Médio Tejo – Vive o Empreendedorismo, através do Programa Operacional Regional do Centro (Centro 2020), no âmbito do SIAC – Sistema de Apoio a Acções Colectivas e co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Tem já uma 3ª edição que está a ser dinamizada pela ‘Pinhal Maior. O último concurso ainda não está aberto e que estará a cargo da ADIRN.