Decorre em Tomar, de 6 a 9 de Julho, mais uma edição da Festa Templária. No cenário histórico e natural que acolheu a sede da Ordem do Templo em Portugal, será feita a recriação do cerco ao castelo em 1190, bem como o sempre espectacular cortejo nocturno. Feira de artesanato alusivo à época, festival de cozinha medieval nos restaurantes locais, petiscos nas tasquinhas, jantar real no Convento de Cristo e visitas culturais complementam o programa que conta ainda com recriações de um acampamento templário, personagens históricas, danças medievais, treino dos homens de armas, ofícios, cenas da vida na taberna e jogos medievais.

O programa cultural da Festa inclui ainda a conferência “Templários – das origens ao terminus”, que terá lugar no Scriptorium do Convento de Cristo, dia 6, das 10 às 17 horas. A iniciativa pretende contribuir para lançar um olhar sobre a Ordem que durante quase dois séculos teve um papel decisivo na construção do mundo tal como o conhecemos hoje e integra-se no âmbito da Rede Europeia de Cidades Templárias. A temática escolhida pretende criar uma retrospectiva histórica da influência templária desde a criação e confirmação, com o concílio de Troyes (França, 1129), até à sua derradeira presença em Portugal. Serão oradores Arnaud Baudin (Troyes, França) sobre “La Champagne et l’ordre du Temple: des origines au procès”, Pedro Gomes Barbosa sobre “O processo de Reconquista e consolidação territorial e administrativa na região de Tomar”, Maria Antonia Gancedo López (Ponferrada, Espanha) acerca de “Ponferrada el puente, el Camino de Santiago y los Templarios” e Ernesto Jana sobre “Da Ordem do Templo à Ordem de Cristo: nova instituição ou simples evolução na continuidade?”. Inscrições gratuitas em www.templarios2017.ipt.pt .

A abertura oficial da Festa será às 18 horas de quinta-feira, dia 6, na Praça da República, seguida de cortejo pelo centro histórico até ao Mouchão Parque, onde decorrerá grande parte das actividades. Nessa noite, pelas 23 horas, acontecerá a primeira sessão da recriação do cerco ao castelo, que será repetida na sexta à mesma hora (entrada gratuita mas sujeita à lotação do espaço). Sexta em que acontecerá também o jantar real (no Convento, às 20 horas, com bilhetes à venda no Posto de Turismo Municipal: 30 €). No sábado, o principal destaque irá para o cortejo nocturno que sai do castelo às 22 horas.

No Mouchão, a feira de artesanato estará aberta na quinta e na sexta das 18 às 24 horas, sábado das 12 às 24 e domingo das 12 às 23. Por seu turno, as tasquinhas estarão abertas na quinta entre as 18 e as 24, na sexta das 18 às 2 da manhã, no sábado do meio-dia às 2 da manhã e no domingo do meio-dia às 23 horas.

O festival de cozinha medieval decorre nos restaurantes aderentes, de quinta a domingo. Nas manhãs de sábado e domingo haverá visitas culturais às 10 horas (inscrições até 5 de Julho no Posto de Turismo Municipal: 3 €).

CARTAZ