José Rodrigues e Gonçalo Andrade venceram as provas de +35 e +45 do Sopa da Pedra Classic, promovido pela Secção de Ténis da Associação 20kms de Almeirim. Gonçalo Andrade venceu ainda a prova de pares ao lado de outro tenista “da casa”, Carlos Nunes.

No 10º aniversário do Sopa da Pedra Classic, os tenistas de Almeirim deram boa conta do recado ao vencer três das seis provas em disputa. Em +35, José Rodrigues venceu na final Jorge Lopes, do CAD.

Nos +45, Gonçalo Andrade venceu na meia-final o seu colega de clube e parceiro de pares, Carlos Nunes, por duplo 7/5, para na final vencer o 2º cabeça-de-série, Paulo Carmo, por 4/6, 7/5 e 10-6, na final mais disputada do torneio.

Em pares, Gonçalo Andrade e Carlos Nunes venceram na final Jorge Lopes e André Barange.

No escalão de +55, Mário Azevedo Gomes venceu Henrique Cabral, regressando aos torneios oficiais pela primeira vez em sete ano. Na variante feminina, Paula Falcão venceu o escalão de +35, enquanto Anabela Carlos venceu em +45.

As finais de +35 e +45 contaram ainda com a participação dos jovens tenistas do clube, que formaram equipas de apanha-bolas.

A Secção de Ténis da Associação 20kms de Almeirim aproveitou ainda o 10º aniversário do torneio que considera a festa do ténis veterano em Almeirim para lançar o circuito Sopa da Pedra/Ténis Almeirim, que distingue o melhor tenista veterano do clube.

Em 2016 o prémio foi assim atribuído a José Rodrigues, em masculinos e a Ana Paula Rosário, em femininos.