O rejoneador luso-espanhol Diego Ventura actuou duas tardes seguidas em Ronda e obteve dois triunfos magistrais – cinco orelhas e um rabo.

Depois da emotiva tarde de despedida de Francisco Rivera Ordóñez “Paquirri”, Ventura apresentou-se na sua segunda tarde seguida no carismático ruedo de Ronda perante toiros da ganadaria portuguesa de Canas Vigouroux, cortando uma orelha na sua primeira faena e foi depois no último da tarde que destapou o frasco das essências e cortou duas orelhas e um rabo, como corolário de uma faena apoteótica, autêntico hino à arte do toureio equestre.

Por sua vez Andy Cartagena também teve uma tarde muito positiva acompanhando Ventura na saída pela Porta Grande, sendo ovacionado após a morte do primeiro do seu lote e cortou as duas orelhas ao seu segundo toiro. Rui Fernandes teve pouca sorte, pois, o seu lote não lhe proporcionou condições de lide satisfatórias, tendo sido ovacionado no primeiro da tarde e silenciado no quarto.