O futsal do Vitória Clube de Santarém está imparável em 2016/17 e conquistou no passado domingo o 10.º (!) título oficial da temporada, com a equipa de Infantis “A” a garantir matematicamente o 1.º lugar no Torneio de Encerramento da AF Santarém, obtendo assim mais uma “dobradinha” para os vitorianos!

A duas rondas do final, na recepção ao CAS Vicentense, os comandados de Carla Paulino venceram por 15-2, com golos de Xavi Malpique (5), Duarte Nunes (3),Rúben Santos (2), Gui Rosa, Gabriel Alves, Rodrigo Ramos, Afonso Leão e Simão Moteiro, engrossando assim o já vasto palmarés do clube vitoriano.

A somar a 5 Campeonatos Distritais, 3 Taças do Ribatejo e 1 Torneio de Abertura, está escrita mais uma página dourada no melhor ano de sempre do historial do clube, superando os 8 títulos da época passada. E o emblema de Santarém segue ainda no 1.º posto do Campeonato Distrital de Iniciados, que, na antepenúltima jornada da prova, venceram o Ribeira de Fárrio por 10-1…

 

Juvenis com vitória histórica

Além do apogeu no plano distrital, continua a glória nos palcos nacionais: a equipa vitoriana de juvenis garantiu no domingo mais um feito memorável na história do clube, ao conquistar o primeiro triunfo de sempre numa 2.ª fase da Taça Nacional!

Os campeões da AF Santarém, comandados por Hugo Frazão e José Schwarz, receberam e bateram o CSC Sever, campeão da AF Viseu, por 8-4, tendo mesmo chegado ao intervalo a vencer por 5-0, naquela que foi uma das mais entusiasmantes exibições de uma temporada inesquecível.

Os golos de Miguel Garcia (4), Bernardo Bernardino (2), Miguel Oliveira e Leonardo Dias foram os momentos altos que traduziram em 3 pontos o talento e a capacidade de superação de mais uma geração dourada que faz sonhar todos os vitorianos na luta por um lugar na elite do Campeonato Nacional.

Na véspera, na Nave Municipal, também os juniores masculinos sub-20 do Vitória ergueram bem alto a bandeira do clube na 2.ª fase da mesma competição: os comandados de Pedro Silva e Pedro Nuno receberam os campeões da ultracompetitiva AF Lisboa, o CA São Brás, e rubricaram exibição que só pode encher de orgulho todo o distrito de Santarém: os vitorianos estiveram em vantagem até poucos minutos do final, acabando por baquear por inglórios 5-6 diante do poderoso opositor. Apesar do desaire, uma actuação de gala que demonstra que os campeões da AF Santarém não querem restringir-se ao estatuto de melhores do distrito, ousando encarar sem temor os maiores colossos do futsal do País.