Dia 13 de Abril, sexta-feira, o Centro Cultural do Cartaxo recebe mais uma Cartaxo Sessions, desta vez com dose dupla portuguesa com os The Black Wizards e Igwana. O espetáculo tem início às 22h30 e os bilhetes custam cinco euros.

Bebendo das mesmas fontes que muitas das bandas contemporâneas, os The Black Wizards apresentam um conjunto de músicas com cunho próprio. Em Fevereiro de 2015 lançam o primeiro EP ‘Fuzzadelic’ e no final do mesmo ano sai o bombástico primeiro álbum “Lake Of Fire”. Segue-se uma tour europeia e também a presença em diversos festivais. A banda cresceu bastante. E dessa evolução nasce ‘What The Fuzz!’, o seu segundo longa duração. Com tempo para experimentar em estúdio novas sonoridades, a banda explorou ideias e sons sem nunca perder de vista as raízes. É quase como se tivéssemos a ouvir um disco de blues mas na rotação errada, e a gostar mais assim.

Igwana é o produto de uma demanda por escalas exóticas e reencontros xamânicos, que nos é apresentada pelo fulgor (meta)físico do Eduardo e do Gonçalo. Os dois — criadores musicais de paisagens interiores; os dois, pólos opostos do temperamento “da” igwana — representam em palco um diálogo imersivo que vive da tangente entre a luz e a escuridão.

A vontade de trazer ao Cartaxo a melhor música alternativa ligada ao espectro psych, stoner e shoegaze, levou Nick Allport a juntar algumas pessoas do concelho que em 2011 deram início à criação da Associação Cultural Cartaxo Sessions.

O primeiro concerto aconteceu em Dezembro de 2011, quando Nick Allport aproveitou a passagem dos Ringo Deathstarr por Lisboa e levou-os para um concerto inesperado no Cartaxo, concelho onde reside desde 2009.

Entre Dezembro de 2011 e Julho de 2015 passaram pelas Cartaxo Sessions bandas como ‘Psychic TV’, ‘A Place to Bury Strangers’, ‘The Dead Skeletons’ e ‘The Asteroid #4’, entre muitas outras que trouxeram milhares de melómanos à cidade ribatejana.

Após um hiato de dois anos, voltaram ao activo em 2017, com uma sessão por mês no Centro Cultural do Cartaxo, tendo ainda participado no Verão In STR entre Junho e Agosto.

2018 promete ser mais um ano de música, com datas já marcadas até ao final do primeiro semestre.